Chá de emagrecimento

Chá de emagrecimento: funciona e faz mal para você?

Chás de emagrecimento são frequentemente anunciados como uma maneira de perder peso e limpar o corpo. A teoria é que o chá estimula a digestão, ajuda o metabolismo e, em alguns casos, livra o corpo de impurezas.

Existem muitas variedades de chá de emagrecimento para escolher. Todos eles tentam satisfazer o desejo de uma pessoa de perder peso.

Leia mais em: Slim9 bula

Fatos rápidos sobre o chá de emagrecimento:

  • Muitos chás de emagrecimento afirmam ajudar a desintoxicar o corpo.
  • O corpo naturalmente se livra de toxinas, fazendo um chá que afirma fazer isso desnecessariamente.
  • Chás como preto, branco, verde, oolong e pu-erh contêm todos antioxidantes que podem ajudar a reduzir o risco de câncer e outras doenças quando são bebidos regularmente.
  • Chás de emagrecimento contêm ingredientes adicionados que podem ser prejudiciais.
  • Há pouca ou nenhuma evidência legítima de que qualquer chá de emagrecimento seja eficaz no apoio à perda de peso a longo prazo.
Tipos
Compartilhar no Pinterest
Existem vários tipos diferentes de chás de emagrecimento disponíveis, com diferentes sabores e propriedades.

Tipos típicos de chá de emagrecimento incluem:

  • supressores de apetite
  • bloqueadores de gordura
  • impulsionadores do metabolismo

A teoria por trás da perda de peso com o chá de emagrecimento é que os ingredientes naturais:

  • ajudar a suprimir o apetite
  • ajudar o corpo a liberar toxinas
  • ajudar a queimar mais calorias

Os anunciantes se concentram na velocidade da perda de peso, com a perda imediata de peso sendo observada em alguns casos. No entanto, a maior parte da perda de peso que as pessoas experimentam é causada pela perda de água ou por resíduos sólidos.

Eficácia

Há muito pouca evidência de que o chá adelgaçante seja eficaz.

De fato, ações coletivas foram movidas contra empresas que venderam seus chás como suplementos à perda de peso. Pelo menos dois processos envolveram empresas cuja publicidade fez alegações falsas sobre a eficácia de seu chá para ajudar na perda de peso.

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) não reconhece nenhum chá adelgaçante como sendo eficaz.

Alguns ingredientes, como cafeína e senna, são reconhecidos pelo FDA por diferentes razões.

A cafeína é reconhecida como estimulante, sem grande efeito na perda de peso. Da mesma forma, o senna é reconhecido como um ingrediente que causa irritação no intestino grosso e pode ser usado como um laxante suave.

As críticas mais positivas sobre o chá de emagrecimento podem ser encontradas em sites que vendem o produto ou que promovem um estilo de vida naturalista. Alguns apontam para pequenos estudos que foram realizados.

No entanto, há uma falta substancial de evidências para apoiar as alegações de que o chá adelgaçante afeta a perda de peso.

MEDICAL NEWS TODAY NEWSLETTER

Fique por dentro. Receba nosso boletim diário gratuito

Todos os dias, espere diariamente as linhas principais das nossas melhores histórias, baseadas em ciência e em profundidade. Toque e mantenha sua curiosidade satisfeita.

Sua privacidade é importante para nós

Preocupações com a saúde

Existem algumas preocupações com a saúde que as pessoas que consideram usar chás de emagrecimento devem saber.

Embora a maioria dos ingredientes seja benigna, existem alguns que podem causar efeitos colaterais graves em certas pessoas.

Alguns dos ingredientes potencialmente perigosos ou efeitos colaterais podem incluir:

Laxantes

Compartilhar no Pinterest
Chás de emagrecimento podem conter laxantes e diuréticos, o que pode causar complicações na saúde.

Alguns chás de emagrecimento contêm senna, um laxante natural. O estado do FDA tem havido relatos de problemas associados ao consumo de chás de emagrecimento, contendo senna.

O FDA indica que os usuários relatam sintomas semelhantes aos observados em pessoas com transtorno de abuso laxante, que incluem:

  • cólicas
  • náusea
  • diarréia
  • agravar a constipação
  • dependência
  • cólon enfraquecido
  • níveis reduzidos de potássio , o que é perigoso para pessoas com problemas cardíacos

Diuréticos

O FDA também emitiu declarações alertando sobre quantos chás de emagrecimento contêm diuréticos. Os diuréticos podem levar a:

  • desidratação
  • perda ou flutuação de eletrólitos, causando arritmia cardíaca e morte
  • cãibras musculares
  • diarréia
  • perda de fluidos seguida de recuperação de fluidos

Metabolismo aumentado

Muitos chás de emagrecimento alegam aumentar o metabolismo, mas as pesquisas sobre os aditivos encontrados no chá de emagrecimento são muito limitadas.

Dito isto, os polifenóis encontrados naturalmente nos chás verde e preto mostraram alguma promessa em ajudar na perda de peso e na melhoria metabólica em estudos com animais e humanos Trusted Source.

Qualquer benefício observado no chá adelgaçante é mais do que provável resultado do chá em si, não nos ingredientes adicionados “adelgaçantes”.

Riscos

Além dos possíveis efeitos colaterais mencionados acima, os ingredientes encontrados nos chás para emagrecer:

  • variam e podem conter ingredientes potencialmente problemáticos
  • não são controlados por nenhuma agência reguladora, como o FDA
  • pode interagir com a medicação de uma pessoa

O FDA alerta contra o uso da maioria dos suplementos alimentares, incluindo chás para emagrecer, principalmente devido à falta de estudos confiáveis ​​e evidências de sua segurança ou eficácia.

A FDA também relata queixas crescentes de consumidores que usaram chás de emagrecimento e outros suplementos naturais para perda de peso.

Alternativas seguras
Compartilhar no Pinterest
A maioria dos nutricionistas e profissionais de saúde sugere que o exercício e a gestão da dieta são as chaves para a perda de peso.

As empresas que fazem chás de emagrecimento geralmente têm como alvo pessoas que estão desesperadas para encontrar uma solução que funcione ou que desejam perder peso rapidamente.

Na maioria dos casos, não é provável que os chás de emagrecimento façam algo além de criar um efeito placebo ou leve perda de peso, seguida de uma rápida recuperação do peso.

Em outros casos, o chá de emagrecimento pode realmente ser prejudicial.

No entanto, os chás sem adição de ingredientes para “emagrecer” oferecem uma ótima solução para os amantes de chá e podem oferecer excelentes benefícios à saúde.

A maioria dos profissionais de saúde concorda que a perda de peso é afetada principalmente pela dieta, exercício, ambiente e redução do consumo de calorias.

Antes de iniciar um chá de emagrecimento ou qualquer outra mudança na dieta ou no exercício, as pessoas devem consultar seu médico.

A perda segura de peso pode ser alcançada com a combinação adequada de exercícios e mudanças na dieta, que não inclui necessariamente suplementos.

Exercício

A maioria das pessoas pode se exercitar com segurança várias vezes por semana. Embora muitos se concentrem no cardio, a construção de força é uma parte essencial da redução de gordura.

É importante que a pessoa conheça seus limites físicos antes de iniciar qualquer programa de exercícios.

Dieta

A dieta é frequentemente confundida com dieta. Uma dieta bem equilibrada, que enfatiza frutas e legumes e evita alimentos excessivamente processados, que contêm açúcares e gorduras trans, pode ajudar uma pessoa a perder peso ao longo do tempo.

As pessoas podem ver uma redução na gordura corporal através de mudanças em sua dieta sem usar suplementos.

Leve embora

Pesquisas recentes confirmam os vários benefícios para a saúde de chás pretos ou verdes. Chá de emagrecimento, no entanto, deve ser usado com cautela.

É uma boa idéia consultar um médico ou outro profissional de saúde sem vínculos com a venda de chá para emagrecer antes de usar qualquer produto.

Uma pessoa também deve fazer o máximo de pesquisa possível para descobrir taxas de sucesso, reclamações e possíveis efeitos colaterais do produto que está considerando.

Diminuição rápida de acordo com a ciência

Diminuição rápida de acordo com a ciência: 3 regras simples que realmente ajudam

Existem muitas maneiras de perder peso – infelizmente, a maioria das dietas nos deixa com fome e insatisfeitos. Se você não tiver muita resistência, terá um ritmo acelerado e abandonará seus planos de perda de peso. Mas …

… encontramos uma dieta baixa em carboidratos que promete derrubar os quilos. E em apenas 3 etapas e de forma saudável.

Ela vai

DISPLAY
Obtenha o Calendário de Advento Limitado do InStyle por apenas € 59,90
ENCOMENDE AQUI
  • diminuir significativamente o apetite
  • reduza seu peso sem passar fome
  • aumentar o seu metabolismo

Tudo o que você precisa fazer para perder peso rapidamente é seguir essas três regras.

Regra 1: Coma menos açúcar e amido

O mais importante é consumir menos açúcar e amido (carboidratos). Alimentos com esses ingredientes têm um forte impacto no seu orçamento de insulina. Porque, se você ainda não sabia: O hormônio insulina é o maior armazenamento de gordura em nosso corpo.

Portanto, se reduzirmos a insulina através de uma dieta pobre em carboidratos, a gordura terá mais tempo para sair dos estoques de gordura e o corpo começará a queimar essas gorduras em vez de carboidratos.

Leia também: MAXFIT PRO PREÇO

Outra vantagem dos baixos níveis de insulina é que os rins liberam o excesso de sódio e água do corpo. Não apenas a flatulência, mas também a retenção de água é reduzida.

Se você seguir este conselho, poderá perder até cinco quilos de gordura corporal e água em uma semana – às vezes até mais!

O gráfico a seguir vem de um estudo em que dietas com baixo teor de carboidratos e baixa gordura foram realizadas e comparadas por mulheres obesas. Como você pode ver à primeira vista, os participantes da dieta baixa em carboidratos perdem significativamente mais peso:

Estudo comparando dietas com pouco carboidrato e com pouca gordura

As mulheres que fizeram uma dieta baixa em carboidratos comeram até se sentirem satisfeitas. Os participantes da dieta pobre em gorduras ingeriram baixa caloria e muitas vezes permaneceram com fome.

Portanto, elimine carboidratos, diminua os níveis de insulina e você começará automaticamente a comer menos. A queima de gordura começa por si só!

Conclusão: comer menos açúcar e carboidratos reduzirá os níveis de insulina e reduzirá o apetite, para que você perca peso sem passar fome.

Regra 2: Coma mais proteínas, gorduras e vegetais

Todas as suas refeições devem conter pelo menos uma fonte de proteína e gordura e ser servidas com vegetais com pouco carboidrato. Se você seguir essa regra, ingerirá automaticamente a quantidade recomendada de carboidratos – 20 a 50 gramas por dia.

Alimentos ricos em proteínas:

  • Carne : carne bovina, frango, porco, cordeiro, bacon, etc.
  • Fish & Seafood : salmão, truta, camarão, lagosta etc.
  • Ovos : os ovos enriquecidos com ácidos graxos ômega-3 ou aqueles ao ar livre são os melhores

A importância da proteína não pode ser enfatizada o suficiente. Porque apenas comendo seu metabolismo queima de 80 a 100 calorias a mais por dia.

A dieta rica em proteínas também pode ajudá-lo a pensar em comer até 60% menos. Também ajuda a reduzir o apetite por um lanche da meia-noite e deixa você tão cansado que come automaticamente 441 calorias por dia a menos.

Quando se trata de perder peso, a proteína é o rei dos nutrientes!

Os melhores vegetais com baixo teor de carboidratos:

  • brócolis
  • couve-flor
  • espinafre
  • (Verde) de carbono
  • couve de Bruxelas
  • acelga
  • salada
  • pepino
  • aipo

Desses vegetais, você pode comer o quanto quiser sem consciência culpada. Porque não importa quanto você coma, você nunca consumirá mais de 20 a 50 gramas de carboidratos por dia.

Uma dieta baseada em carne e legumes contém todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para viver uma vida saudável. Portanto, não há necessidade fisiológica de grãos!

Coma duas a três vezes ao dia. Se você ainda estiver com fome à noite, faça uma quarta refeição.

As melhores fontes de gordura:

  • azeite
  • óleo de coco
  • óleo de abacate
  • manteiga
  • banha de porco

A melhor gordura para cozinhar é o óleo de coco . É rico em gorduras chamadas triglicerídeos de cadeia média (MCTs). Essas gorduras são mais saudáveis ​​que outras e podem aumentar seu metabolismo.

Não tenha medo de usar essas gorduras apenas porque são gorduras. Você nunca deve executar uma dieta baixa em carboidratos e baixa gordura ao mesmo tempo. Porque você se sentirá mal e isso comprometerá o sucesso do cliente.

Além disso, não há razão para evitar essas gorduras saudáveis. Porque os estudos mostram que os ácidos graxos saturados – ao contrário da opinião generalizada – não aumentam o risco de doença cardíaca.

Conclusão: Cada refeição deve consistir em uma fonte de proteína, fonte de gordura e vegetais com pouco carboidrato. Isso o levará automaticamente para as 20 a 50 gramas de área de carboidrato, o que reduzirá seus níveis de insulina.

Regra 3: pratique esportes três vezes por semana

Para perder peso com esse plano nutricional, você não precisa necessariamente praticar esportes competitivos, mas é claro que o exercício ajuda o corpo a perder gordura e, acima de tudo, permanecer firme.

É melhor praticar esportes três a quatro vezes por semana. Se você for ao ginásio (ou quiser ir), uma combinação de aquecimento consciente, treinamento de força e exercícios de alongamento é perfeita.

Quem treina com pesos queima calorias e mantém seu metabolismo ocupado, o que, por sua vez, ajuda a perder peso. Estudos mostraram que você pode até construir músculos enquanto perde muita gordura corporal.

Se você não é um “louco por ginástica”, é claro que também pode fazer exercícios aeróbicos e manter a forma em nadar, correr ou caminhar.

Conclusão: Faça o melhor treinamento de força. Se não é esse o seu caso, você também pode fazer treinamento cardio.

Opcional: insira um dia de trapaça

Se você quiser, pode ter um dia de trapaça por semana, onde come um pouco mais de carboidratos. É melhor para um dia no fim de semana.

É importante que você não exagere no dia de hoje, mas sim com carboidratos saudáveis, encontrados, por exemplo, no arroz, quinoa, batata e frutas. Além disso, o seu dia de truques não deve ser uma semana de truques – caso contrário, você não verá nenhum resultado.

Obviamente, você não precisa apresentar esse dia; no entanto, o aumento da ingestão de carboidratos pode ter um efeito positivo, pois dessa maneira os hormônios de queima de gordura são estimulados. Portanto, não se preocupe se você se sentir um pouco mais pesado após o seu dia de trapaça, a maior parte é água que você perderá nos dias seguintes.

Conclusão : ingerir um pouco mais de carboidratos por dia por semana é absolutamente bom, se não essencial.

Preciso contar calorias e proteínas?

A resposta é simples: não. Enquanto você consome pouco carboidrato e come muita proteína, gordura e vegetais, não precisa prestar atenção a um certo número de calorias.

Obviamente, se isso for importante para você, você ainda pode contar quantas calorias ingeriu. Existem aplicativos especiais para ajudá-lo a contar.

O objetivo desta dieta é consumir menos de 20 a 50 gramas de carboidratos por dia. As calorias restantes são proteínas e gorduras saudáveis.

Precisa de inspiração para refeições com baixo teor de carboidratos? Então dê uma olhada aqui !

Conclusão: Com esta dieta, não é necessário contar calorias. No entanto, para alcançar o sucesso, é importante comer não mais que 20-50 gramas de carboidratos por dia.

Quanto vou perder peso com esta dieta?

Se você seguir as três regras, poderá perder até cinco quilos na primeira semana. Depois disso, você vai perder peso continuamente. Como todo corpo reage de maneira diferente à mudança na dieta, esses números são apenas indicativos.

Se esta é sua primeira dieta, você verá resultados muito rapidamente. Também depende do peso inicial. Pessoas que pesam mais, perdem peso mais rápido e mais.

Pode ser que você se sinta um pouco estranho nos primeiros dias. Seu corpo passou a maior parte de sua vida processando carboidratos. Portanto, pode demorar um pouco para ele se acostumar a queimar gordura agora.

No início dessa mudança de dieta, pode ser que você tenha a “febre baixa em carboidratos”. O termo descreve um estado em que você se sente flácido, irritável e constantemente com fome e também pode ter dor de cabeça. Esses sintomas são causados ​​pela perda de carboidratos. A “febre” desaparece após alguns dias, mas geralmente novamente. Caldo de sódio ou quente pode ajudar nesta fase inicial.

Quando seu corpo se acostumar com as novas circunstâncias, você se sentirá melhor e mais rápido. Você será positivo e energético. Neste ponto, você é oficialmente um “Monstro Queima de Gordura”.

Além da perda de peso, a dieta baixa em carboidratos pode trazer muitos outros benefícios:

  • Reduz o nível de açúcar no sangue
  • Reduz o colesterol e aumenta o colesterol “bom”
  • Sua pressão arterial melhorará significativamente
  • O melhor de tudo é que as dietas com pouco carboidrato são mais fáceis de sustentar do que as com baixo teor de gordura!

Conclusão: Se você seguir as regras, suas chances de perder muito peso são muito boas. No entanto, quanto você pode perder peso varia de pessoa para pessoa. Além disso, esta dieta baixa em carboidratos também pode ter um efeito positivo em sua saúde geral.

Você não precisa passar fome para perder peso

Se você tiver problemas de saúde ou estiver tomando medicamentos, converse com seu médico antes de iniciar a dieta.

Ao reduzir carboidratos e baixar os níveis de insulina, o equilíbrio hormonal também muda, o que literalmente “diminui” o corpo e o cérebro.

Isso reduz drasticamente sua fome e apetite e você dificilmente pode falhar na dieta. Assim, você pode perder duas a três vezes mais que as dietas clássicas.

Outro benefício dessa dieta – especialmente para os impacientes – é que a perda inicial de retenção de água já pode fazer uma grande diferença na escala.

10 dicas para perder peso mais rápido e fácil

Com essas dicas e truques, perder peso será ainda mais fácil.

  1. Tome um café da manhã rico em proteínas . Como resultado, seu apetite será satisfeito e você terá menos vontade de comer durante o dia, o que diminui sua ingestão de calorias.
  2. Evite bebidas açucaradas e sucos de frutas . Essas bebidas são verdadeiras bombas de calorias.
  3. Beba água antes das refeições . Se você beber um copo de água meia hora antes de comer, poderá aumentar a perda de peso em até 44% em três meses!
  4. Coma alimentos que ajudam a perder peso rapidamente. Existem muitos alimentos que aumentam a perda de gordura. Nesta lista, você pode ver quantos carboidratos existem em quais alimentos.
  5. Coma fibra solúvel . Estudos mostram que eles podem reduzir a gordura – especialmente o desagradável bacon da barriga ! A fibra solúvel está incluída, por exemplo, em farinha de aveia, leguminosas, maçãs, mirtilos, laranjas, cenouras, aipo, nozes e linhaça.
  6. Beba café ou chá . Ambas as bebidas são permitidas durante esse cronograma de perda de peso. De fato, a cafeína pode ajudar a aumentar seu metabolismo em até onze por cento.
  7. Ataque a alimentos integrais . A comida não processada é significativamente mais saudável, deixa você cheio e evita que se coma demais.
  8. Coma mais devagar . Se você comer rápido, você ganhará mais peso a longo prazo. Comer lentamente acelera a saciedade e estimula hormônios queimadores de gordura.
  9. Use pratos pequenos. Alguns estudos confirmaram que as pessoas que comem de pratos pequenos ficam mais saciadas mais rapidamente. Parece estranho, mas deve funcionar!
  10. Preste atenção para uma boa noite de sono . A privação do sono é uma das causas mais comuns de ganho de peso. Portanto, tente sempre dormir o suficiente para dar tempo ao seu corpo para se regenerar.

Conclusão: O mais importante é que você se atenha às três regras. Se você deseja acelerar o processo de perda de peso, também pode tentar implementar essas 10 dicas.

PERDER PESO: REALISTA E SAUDÁVEL

PERDER PESO: REALISTA E SAUDÁVEL

Todo mundo gostaria de perder peso o mais rápido possível. Muitas dietas prometem grande perda de peso no menor tempo possível, mas o que é realista e saudável? O que precisamos fazer para nos livrar da nossa odiada gordura corporal? Uma coisa é clara: para perder peso, temos que economizar calorias.

Definido é um quilocaloria (kcal) como a quantidade de energia necessária para aquecer um litro de água em um grau Celsius. Com 9,3 kcal por grama, esta é a nossa principal fonte de energia. Em comparação, um grama de proteínas e carboidratos fornece apenas 4,1 calorias. Isso significa que um quilograma de gordura pura contém 9.300 kcal, mas isso não é equivalente a um quilograma de gordura corporal.

A regra geral é: 1 quilograma de gordura corporal equivale a 7.000 quilocalorias!

Responsável por isso é a composição do nosso tecido adiposo, que consiste apenas em cerca de 72% da gordura pura, o restante compartilha água e tecido conjuntivo.

Para perder peso, recomenda-se um déficit calórico diário de cerca de 300-500 kcal da necessidade total de energia . Um adulto não deve estar abaixo de 1200 kcal por dia para cobrir os nutrientes essenciais. Do ponto de vista puramente científico, uma perda de peso saudável de 500 g por semana, ou seja, 2 kg por mês, é realista e saudável.

Leia mais em: 360 SLIM PREÇO

Se você espera perder 2 kg de peso por mês, provavelmente ficará decepcionado. Responsável por isso é o seu corpo. Não apenas visualmente você muda, mas também sua composição corporal. A necessidade total de energia e, portanto, todo o seu metabolismo é influenciada. A perda de peso, portanto, não é um processo linear, mas depende de muitos fatores, razão pela qual o ritmo diminui com o tempo. Muitas vezes, esse é o momento em que você perde a motivação e desiste. Então lembre-se de que isso é apenas uma consequência do seu progresso até agora!

A melhor coisa a fazer é não aumentar o número de escalas, mas concentrar-se nas mudanças visuais em seu corpo. O esporte também pode ajudar a manter os quilos em queda e deve ser seu companheiro constante de qualquer maneira. Sob nenhuma circunstância você deve  recorrer a dietas radicais e suas promessas utópicas de perda de peso.

8 dicas sobre como queimar gordura localizada rapidamente

8 dicas sobre como queimar gordura localizada rapidamente

Seja nas calças, barriga ou até um pouco mais escondido na parte interna das coxas, problemas de gordura localizados e pode até interferir na autoconfiança.

Afinal, muitas mulheres não usam calças de cintura baixa ou um top ligeiramente mais curto por medo de expor malas ou a barriga mais proeminente.

Para quem se identifica com a situação, temos duas histórias: uma boa e outra ótima. A primeira é que queima gordura localizada rapidamente, sem recorrer a cremes e tratamentos milagrosos.

A boa notícia é que você pode começar a queimar gordura hoje sem precisar passar horas na academia ou na esteira – caso contrário, ficará com fome.

Portanto, confira algumas dicas abaixo sobre como reduzir a taxa de gordura corporal e, ao mesmo tempo, aumentar a massa muscular desejada – importante para quem procura um corpo definido e também saudável.

Por que localizamos gordura?

Nossos corpos tendem a acumular gordura em certas áreas específicas, que podem variar de acordo com a idade e o sexo.

Leia também: Sinedrol

Os homens tendem a consumir excesso de energia alimentar na região abdominal, enquanto as mulheres (principalmente após a menopausa) acumulam gordura ao redor dos quadris, dentro das coxas e nádegas.

E por que razão as gorduras tendem a permanecer sempre na mesma região em quase todas as pessoas?

ARTIGOS ADICIONAIS
  • É possível perder apenas gordura da barriga?
  • Se você estiver dirigindo e não perder estômago, tente este
  • O que diferencia a gordura abdominal dos outros?
  • Qual é o melhor exercício para perder barriga?

Em geral, o acúmulo localizado de gordura tem um forte componente genético, além de ser influenciado por fatores como má alimentação, estilo de vida sedentário e alto teor de gordura corporal.

Sim – um aumento na porcentagem de gordura corporal (a gordura total que armazenamos em nossos órgãos e tecidos) promove um aumento na gordura localizada.

E o oposto também é verdadeiro: diminuindo a taxa de gordura, a gordura local tende a desaparecer mais facilmente.

Controvérsia eterna: você pode escolher como eliminar a gordura? Você pode queimar gordura localizada?

Antes da grande conferência sobre como perder gordura rapidamente, inclua o local, gordura como lixo, é importante que tenhamos tocado anteriormente em um tópico que foi objeto de muitas perguntas: é possível queimar gordura em uma área específica do corpo?

Posso perder gordura da barriga ou do braço, por exemplo?

A resposta é simples: não! Não há como “selecionar” uma determinada região e eliminar as medidas apenas a partir desse local. Isso ocorre porque o corpo queima gordura proporcionalmente, de todos os lugares sem diferença.

Portanto, ao baixar as medidas da coxa, por exemplo, você perderá gordura local no estômago e nos braços, por exemplo.

Também devemos enfatizar que as células adiposas (adipócitos) em nosso corpo, quando formadas, podem aumentar ou diminuir de tamanho (ou mesmo se multiplicar), mas infelizmente nunca desaparecem.

Essa característica de nossos adipócitos ajuda a explicar a dificuldade – especialmente em mulheres que também sofrem variações hormonais – de que há remoção permanente de gordura.

Mas quem tem pouco peso a perder?

Por outro lado, aqueles que não têm muito peso a eliminar e possuem apenas pequenos depósitos de gordura em certas áreas podem se beneficiar de exercícios localizados e algumas mudanças de hábitos.

Afinal, existem muito poucas regiões de superávit e é precisamente delas que a energia para o metabolismo acelerado sairá com as novas atividades.

Aqui estão as dicas que distinguimos sobre como queimar gordura localizada rapidamente, sem nenhum risco desnecessário:

1- Reduzir a porcentagem de gordura corporal

Além de ser a mais óbvia, essa também é a sugestão mais importante para quem tenta perder gordura localizada naturalmente.

Como dissemos anteriormente, não há como focar em uma área específica do corpo e dizer “Eu só devo perder gordura daqui”. E isso é ainda mais verdadeiro quando o peso está muito acima do ideal.

Para aqueles que estão longe da área considerada saudável, o foco inicial deve estar na dieta. E então, em outro momento, a “gordura teimosa” que permaneceu no caminho “atacou”.

Em casos específicos de mulheres, recomenda-se uma porcentagem de gordura corporal abaixo de 22-20% para evitar caroços indesejados e também para facilitar a definição muscular. Para os homens, esse número deve estar abaixo de 12 a 10%.

2- Faça exercícios HIIT

Vários estudos de renomadas universidades européias e norte-americanas mostraram que sessões curtas de exercícios aeróbicos de alta intensidade promovem maior perda de gordura a longo prazo do que atividades de baixa intensidade e maior duração.

Um desses trabalhos científicos, realizado pela Universidade de Western Ontario , concluiu que 4 a 6 fotos (ou sprints ) de 30 segundos queimam mais gordura ao longo do tempo do que caminhar 60 minutos em uma inclinação.

Além de queimar gordura localizada, exercícios de alta intensidade também ajudam a preservar a massa muscular, uma vez que aumentos mais curtos minimizam o uso de fibras musculares como fonte de energia.

Confira as dicas de treinamento HIIT para aumentar seu metabolismo e facilitar a queima de gordura.

  • 5 dicas de treinamento em esteira HIIT
  • HIIT High Intensity Interval Training para perder peso – 12 dicas
  • Como o treinamento intervalado funciona para perder peso

3- Mude a maneira como você se come

Sim, você provavelmente já ouviu isso várias vezes, mas não há como: boa parte da queima de gordura local é determinada pelas escolhas que você faz na mesa.

Não adianta fazer horas e horas de treinamento intervalado, voltar para casa e fazer escolhas alimentares que colocarão todo o seu esforço em perder.

Juntamente com uma rotina de treinamento com pesos e exercícios aeróbicos, é imperativo que você mantenha uma dieta que não apenas estimule a queima de gordura, mas também o impeça de continuar aumentando suas medições. Você não pode pensar em perder gordura local sem ter a dieta certa!

Podemos resumir tudo isso em:

  • açúcar alimentado, gordura saturada e carboidratos simples (pizza, bolos, doces, refrigerantes, lanches, alimentos congelados, sal e excesso de açúcar) sempre que possível;
  • Consuma mais alimentos ricos em fibras (coma pelo menos 30 gramas de nutrientes por dia), o que serve para “limpar” seu sistema digestivo. Isso reduz a inflamação e melhora o metabolismo.
  • Escolha gorduras boas: para queimar gordura, você não precisa eliminar todas as fontes de lipídios do menu. Basta substituir aqueles que promovem a inflamação (como óleo de soja, carne gorda e manteiga e similares) por gorduras saudáveis, como azeite, óleo de coco, salmão, sardinha e abacate, por exemplo.
  • Alcoólatra: você não precisa se abster da noite para o dia, mas esteja ciente de que uma bebida sorrateira no fim de semana pode dificultar a perda dessas mãozinhas insistentes. Entenda o porquê: além de ser muito calórica, a bebida ainda afeta os mecanismos metabólicos associados à queima de gordura. Portanto, o álcool não apenas reduz a perda de ação, mas também pode aumentar esses depósitos de gordura!
  • Finalmente, invista em uma dieta de muitos grãos integrais, legumes (lentilhas, grão de bico, soja), legumes, legumes e frutas (possivelmente orgânicos) como uma recomendação geral.

Os vegetais favorecem a eliminação de toxinas, reduzem a inflamação e fornecem nutrientes importantes para muitos processos metabólicos – incluindo aqueles associados à queima de gordura.

4- Pense em jejum aeróbico * às vezes

Essa dica é muito controversa, mas há uma grande cadeia de especialistas que a defende, com moderação e de maneira limitada. Ou seja, você não irá se exercitar todos os dias sem comida, depois que o corpo precisar de combustível para suas atividades. Além disso, a falta de nutrição adequada pode até acelerar a perda de massa muscular. Também vale ressaltar que isso se aplica apenas a exercícios aeróbicos de baixa intensidade por não mais que 30 a 40 minutos .

De acordo com uma grande cadeia de especialistas, especialmente no meio da musculação, os trens de tempos em tempos logo após acordar e sem consumir uma fonte de carboidratos antes do exercício forçam o corpo a queimar suas reservas de gordura para manter o metabolismo.

O que acontece é que, quando acordamos, passamos de um jejum prolongado de 7-9 horas, o que resulta em uma queda acentuada no açúcar no sangue. Quando você sai para se exercitar sem reabastecer essa glicose, força seu corpo a usar a gordura que já está armazenada como fonte primária de energia.

Para obter melhores resultados e não comprometer a saúde, recomenda-se exercícios aeróbicos com intensidade leve (entre 60 a 70% da freqüência cardíaca máxima), com duração máxima de 30 a 40 minutos.

É importante enfatizar que o treinamento em jejum deve ser realizado apenas ocasionalmente por aqueles que já estão fisicamente bem condicionados e nunca por pessoas que sofrem de hipoglicemia.

* Uma cadeia de especialistas argumentou que uma alternativa ainda mais eficaz a essa prática é ingerir apenas pouca proteína, como um alvo de proteína de soro de leite, por exemplo, ao acordar e antes do exercício. Dessa forma, os músculos serão mais preservados.

  • Veja mais sobre o Exercício fixo em Tudo sobre o jejum aeróbico para perda de peso.
  • Veja também por que não é apropriado fazer isso em exercícios anaeróbicos: O bodybuilding rápido pode funcionar? O que está havendo?

5- Consiga mais chá verde

Essa dica sobre como queimar gordura localizada é a mais fácil de todas: você só precisa colocar 2-3 xícaras de verde puro ou limão em sua rotina e por que beber chá verde para queimar gordura?

Simples: a bebida de origem asiática é rica em cafeína e compostos fenólicos (conhecidos como catequinas) que aceleram o metabolismo e praticamente levam as gorduras localizadas a serem “queimadas” pelo organismo.

Em um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition , os pesquisadores observaram que a ingestão diária de catequinas por 12 semanas, como o chá verde, foi responsável por reduzir a taxa de cintura, o percentual de gordura corporal e até a quantidade de gordura presente na pele dos participantes do estudo.

Além de acelerar a “destruição” de acúmulos indesejados de gordura, o chá verde também aumenta a concentração de noradrenalina, um hormônio produzido nas glândulas supra-renais (um corpo localizado acima dos rins) e serve, entre outras funções, para sinalizar queima de gordura.

E se todos esses benefícios do chá verde não forem bons o suficiente, o composto ainda atua como uma fonte de antioxidantes que combatem os radicais livres e a inflamação que promovem a formação de depósitos de gordura.

Aprenda mais:

  • 8 Benefícios do Chá Verde Cientificamente comprovado
  • Como fazer chá verde para obter melhores resultados.

6- Priorizar proteínas

Quando se trata de perda de gordura, nenhum nutriente é tão importante quanto as proteínas de alta qualidade. Existem muitos benefícios dos aminoácidos nas medidas de perda e redução de peso: controle do apetite, aceleração do metabolismo e maior facilidade de “derrubar” as células adiposas.

Com base em alguns dos estudos científicos recentes que examinaram a relação entre proteínas e perda de peso / gordura, podemos dizer que:

  • a inclusão de proteína magra (como encontrada no peito de frango / peru, proteína de soro de leite, leite, luz e alguns peixes) pode impedir o acúmulo de lipídios nos adipócitos;
  • as proteínas têm uma digestão mais lenta, forçando o corpo a usar energia (leia a gordura!) de suas próprias ações para quebrar essas grandes moléculas de proteína;
  • o consumo de proteínas durante uma refeição ajuda a reduzir o desejo de comer carboidratos refinados e guloseimas em geral em até 60% (favorecendo o acúmulo de mais gordura localizada);
  • Os aminoácidos ajudam a regenerar e construir massa muscular, o tecido que todos desejam substituir a gordura localizada.

Um especialista em dieta pode encaminhá-lo para a quantidade ideal de proteína em sua dieta, mas a recomendação para aqueles que tentam queimar gordura é reservar 25 a 30% das calorias diárias para as proteínas (por exemplo, se você comer 2000 calorias por dia, pelo menos 500 delas deve ser de fontes de proteína).

7- Não abandone o físico

É fato que muitas pessoas não gostam de ir à academia para levantar pesos, mas também é verdade que, sem o exercício de exercícios resistidos, dificilmente será possível parar as gorduras locais.

Embora não promova o uso de alta energia por sessão, o corpo é indispensável para manter e formar massa muscular. E, no entanto, a atividade dos pesos – quando combinada com exercícios aeróbicos – ainda estimula a queima de gordura no estômago. Saiba mais em Musculação com queima de gordura?

Outra razão pela qual você não deve fugir da série e dos ensaios: Só para aguentar, o tecido muscular queima muito mais gordura do que a própria gordura. É isso mesmo: um quilo de músculo exigirá muito mais energia para permanecer ativo do que um quilo de gordura.

E se você ainda não está convencido, há outro motivo para ir à academia pelo menos duas ou três vezes por semana para levantar pesos: depois de terminar os exercícios, seu metabolismo continua a aumentar. Há casos em que o corpo permanece em ritmo acelerado por mais de 30 horas após a conclusão da atividade!

8- Mantenha o estresse sob controle

Falar sobre o estresse no mundo de hoje está chovendo no molhado, mas não podemos fugir dele: ansiedade, nervosismo e agitação excessiva nas últimas duas décadas são bons amigos da gordura localizada.

É isso mesmo: o estresse intenso mais característico desse estado de espírito leva à liberação de cortisol, um hormônio que tende a impedir a queima de gordura enquanto “instrui” o corpo a armazenar tudo o que você come.

A pesquisa mostrou que um alto nível de cortisol no sangue leva ao aumento do apetite e estimula o armazenamento de energia dos alimentos na forma de gordura. E também há evidências de que mulheres com maior circunferência da cintura produzem mais cortisol – acumulando mais gordura.

E como quebrar esse círculo vicioso? Realize atividades que acalmem a mente e promovam um relaxamento mais duradouro.

Exemplos: exercícios respiratórios, meditação (para aqueles que não são usados, vídeos como os listados abaixo são boas maneiras de começar a praticar), ioga, caminhada na natureza ou qualquer outra atividade que reduza a ansiedade e traga paz.

Os 5 melhores exercícios para queimar gordura da barriga

Os 5 melhores exercícios para queimar gordura da barriga

Uma barriga lisa é um distintivo de honra. É um sinal externo de que você se mantém em forma e observa o que come. E além dos aspectos de vaidade, um torso mais cinzelado o torna mais forte e menos propenso a lesões .

Isso ocorre porque as dezenas de músculos entre os ombros e os quadris estão envolvidos em todos os movimentos que você faz.

Para criar uma cintura fina e dura, você precisa começar com os movimentos certos, diz BJ Gaddour, ex-diretor de saúde e bem-estar dos homens.

“Escolha movimentos que esculpem seu abdômen tanquinho enquanto retalham a gordura que os cobre”, diz ele. “É o soco perfeito para uma barriga lisa. “

Comece com os cinco exercícios a seguir, abaixo do vídeo, para martelar as dezenas de músculos entre os ombros e os quadris e obter melhor metabolismo ao mesmo tempo.

Treino de 15 minutos MH: Fritadeira com gordura profunda
Hora Atual 0:24
/
Duração 0:34
Loaded : 0%
Progresso : 0%
CLICK TO UNMUTE

Os melhores exercícios para queimar gordura da barriga

ANÚNCIO – CONTINUE LENDO ABAIXO

1. Burpee

Se você quer perder o intestino , precisa trabalhar o máximo de músculos possível. O burpee faz exatamente isso. O exercício explosivo – que implica passar de uma posição de flexão para um salto e voltar para uma posição de flexão – atinge todos os músculos da cabeça aos pés.

De fato, um estudo recente da American College of Sports Medicine descobriu que 10 representantes em ritmo acelerado são tão eficazes para acelerar seu metabolismo quanto um sprint de 30 segundos, para que você possa queimar sua gordura da barriga mais rapidamente do que nunca.

FAÇA ISTO: Fique em pé com os pés afastados na largura dos ombros. Abaixe o corpo até que as palmas das mãos descansem no chão, afastadas na largura dos ombros. Chute as pernas para trás em uma posição de flexão, faça uma flexão e, em seguida, inverta rapidamente o movimento e faça um salto quando estiver em pé. Isso é 1 repetição.

2. Alpinista

Pense no alpinista como uma prancha em movimento . Você realiza uma mini crise quando puxa um joelho de forma explosiva no peito.

O que torna esse movimento tão difícil, no entanto, é que seu núcleo precisa trabalhar horas extras para manter seu corpo estável e reto toda vez que você levanta um pé do chão, de acordo com Gaddour.

“Você também pode fazer isso em estilo de intervalo, tornando-o um movimento condicionador sério para aumentar sua frequência cardíaca e queimar uma tonelada de calorias “, diz ele. Por exemplo, faça quantas repetições puder por 20 segundos, descanse por 10 e repita por 4 minutos.

FAÇA: Assuma uma posição de flexão com as mãos abaixo dos ombros e o corpo formando uma linha reta da cabeça aos calcanhares. esta é a posição inicial. Levantando o pé direito do chão, empurre o joelho direito em direção ao peito. Bata no chão com o pé direito e depois retorne à posição inicial. Alterne as pernas a cada repetição.

3. Balanço de Kettlebell

O balanço do kettlebell pode ser um dos melhores exercícios de queima de calorias de todos os tempos.

“Para impulsionar a pesada bola de ferro, você precisa envolver grandes grupos musculares que queimam gordura, como glúteos , quadris e quadriláteros”, explica Gaddour.

Kettlebell de ferro fundido 16kg
AmazonBasicsamazon.co.uk
COMPRE AGORA

A natureza explosiva desse movimento dispara sua freqüência cardíaca imediatamente, mas também prejudica seu núcleo.

“O momento da campainha no topo do balanço tentará puxá-lo para a frente, de modo que você terá que apertar o abdômen como se estivesse fazendo uma prancha em pé”, diz Gaddour.

FAÇA: Dobre os quadris e segure um kettlebell com as duas mãos na frente dos braços. Balance um pouco para trás e “suba” o kettlebell entre as pernas.

Em seguida, aperte os glúteos, empurre os quadris para frente com força e gire o peso para a altura dos ombros. Inverta o movimento entre as pernas e repita.

4. Batida de bola medicinal

Se você não usa uma bola medicinal desde o ensino médio, está perdendo. “Seu núcleo é o seu centro de poder, portanto, executar movimentos explosivos como o golpe da bola mediana exige que todos os músculos entre o pescoço e os quadris trabalhem juntos”, diz Sean De Wispelaere, um especialista em saúde do homem.

E se você acelerar o ritmo e impulsionar a bola com mais força e velocidade, você aumentará sua frequência cardíaca e queimará um pouco da barriga, ele diz.

Você nem precisa aumentar o peso. Uma bola medicinal de 3 quilos funcionará bem se você for duro e se esforçar.

FAÇA: Segure a bola acima da cabeça com os pés afastados na largura dos ombros. Bata a bola no chão o mais forte que puder. Pegue a recuperação e repita.

Segure a bola acima da cabeça com os pés afastados na largura dos ombros. Bata a bola no chão o mais forte que puder. Pegue a recuperação e repita.

5. Dumbell Overhead Lunge

Adicione um haltere no alto durante uma investida e de repente você terá um cinzelador de núcleo.

Leia também: Phyto Power Caps anvisa

“À medida que a carga muda a cada repetição, todos os músculos do seu tronco precisam trabalhar juntos para manter o peso diretamente acima de você”, diz Tony Gentilcore, treinador de força da Cressey Performance.

O movimento envolve as costas e a bunda também, porque os ombros encurvados e os glúteos fracos também contribuem para uma barriga inchada.

Haltere ajustável, 32,5 kg

Saúde MasculinaArgos

£149.99
COMPRE AGORA

FAÇA: Pegue um par de halteres médios a leves. Pressione os halteres acima da cabeça, de modo que as palmas das mãos se enfrentem. Cuidado para não torcer os ombros pelas orelhas.

Dê um passo à frente em uma posição de estocada, faça uma pausa e, em seguida, traga a perna de trás para frente para colocar os pés juntos. Pernas alternativas enquanto você caminha para frente.

Como emagrecer rápido e bem: tudo que a ciência nos ensinou

Como emagrecer rápido e bem: tudo que a ciência nos ensinou

Você gostaria de perder peso rapidamente? Tem carne firme à vista e difícil ao toque? Remover esse michelín saliente da cintura? Se este é o seu caso, ainda há tempo para se preparar para este verão.

Não enlouqueça: faça um pouco de esporte, coma saudável, elimine hábitos nocivos e, antes de colocar o pé na praia, você notará resultados. Não declarar guerra na escala também. Talvez o seu problema não seja peso, mas sim composição corporal (má massa muscular ou falta de tônus). Esqueça as dietas milagrosas. Faça uma consulta com um bom nutricionista, coloque-se nas mãos de um personal trainer e enfrente desafios mais modestos. Lembre-se: a saúde vale mais que um milhão de selfies com um cara.

perder peso rápido 2
Doces sonhos
Para que o exercício funcione, você precisa recuperar os músculos e isso só é conseguido nos braços de Morpheus. Você precisa de mais razões? Aqui está outro ainda mais poderoso: aqueles que dormem bem, escolhem melhor comida para afundar o dente.

Assim diz um estudo da Universidade de Michigan, que relaciona dormir uma hora a mais com perda de peso de até sete quilos por ano. Como é possível? De acordo com o relatório, aqueles que não descansam o suficiente sofrem maior ansiedade e ingerem mais 70 calorias por dia. E tem mais.

perder peso rapidamente 3
Vá devagar
Preste atenção em Luis Fonsi e vá aos poucos. Gradualmente, mas com firmeza. Você terá que incluir o esporte em sua vida diária. E, ao mesmo tempo, observe o que você come. Treine pouco tempo, mas constantemente.

A ciência mostrou que, em questões de treinamento, o que conta é intensidade e não duração. Fazê-lo em pequenas doses alcançado maior aderência do que se maratonianas rações são propostos, ‘quando uma pessoa sedentária você diz que tem que caminhar meia hora por dia a sua reação natural é ver impossível’, diz o Dr. Francisco Camarelles, Educação em Saúde Grupo e Promoção da Sociedade Espanhola de Medicina Familiar e Comunitária (semFYC). ‘Mas se nos propomos a segmentá-lo em pequenos fragmentos de tempo, ele muda sua atitude, ele vê isso como aceitável’.

perder peso rapidamente 4
Não é necessário deixar (todo) álcool
‘Não se trata de dizer’ Álcool sim ‘ou’ álcool não ‘mas falando de um consumo moderado beneficia aqueles que querem acompanhar a sua dieta saudável com legumes, frutas e legumes, com um pouco de vinho ou cerveja,’ nós disse o Dr. Ramon Estruch, do Centro de Pesquisa Biomédica em Red-Fisiopatologia da Obesidade e Nutrição (CIBERobn) do Instituto de Saúde Carlos III, autor de um estudo publicado em 2016 na Lancet no qual observou-se que as pessoas que eles seguem uma dieta mediterrânea de longo prazo, na qual incluem um consumo moderado de vinho ou cerveja, emagrecem.
perder peso rapidamente 5
Não conte calorias
O verão não é o melhor momento para agonizar a placa. Pare de contar calorias e gramas com a ansiedade numérica de um tesoureiro. Relaxe e use a cabeça ao fazer o menu. As principais recomendações dos nutricionistas: eliminam alimentos processados, frituras e confeitarias industriais. Coloque ingredientes saudáveis, tome frutas sem medo, não elimine carboidratos de uma só vez e incorpore nozes e legumes.

Fuja da dieta chamada CICO (Calories In, Calories Out). Consiste em ingerir menos calorias diariamente (dentro) do que as calorias que queimamos (fora). Agora, comer bem vai além da métrica de calorias. Você tem que olhar para os nutrientes (vitaminas, minerais, fibras …). E, de passagem, estabelecer as bases para permanecer no peso uma vez que o tamanho desejado seja alcançado.

Medidor de menos calorias, mas comer saudável, pode ajudar a tomar quilos curto prazo, mas poderia ser a compra de bilhetes para ter colesterol, hipertensão e outras doenças adquiridas.

perder peso rapidamente 6

Leia também: Womax gel lipo funciona
Açúcar Não, obrigado
Sim para o que vem naturalmente em fruta ou leite. Não às chamadas ‘gratuitas’, que são aquelas adicionadas à comida. Olho para os pedaços de café. Além disso, observe os refrescos (lá vai 22,5% dos açúcares livres), os doces e os sucos. E lembre-se: eles devem representar menos de 10% das calorias ingeridas ou 5% se quisermos mais benefícios para a saúde.

perder peso rapidamente 7
Pegue a fruta inteira e não no suco
A OMS recomenda ‘limitar o consumo de açúcares livres [que podem estar presentes no açúcar natural do mel, xaropes e sumos de fruta e frutos concentrados] para menos de 10% da ingestão calórica total, o que equivale a 50 gramas ‘para a’ relação provável ‘entre sua ingestão e obesidade. Quando comemos (e não bebemos) a fruta, não só obtemos uma sensação maior de saciedade, mas a digerimos melhor.

Como perder peso sem perceber (ou fazer dieta, é claro)

Como perder peso sem perceber (ou fazer dieta, é claro)

A chave para o sucesso com seu próprio corpo é ter um estilo de vida saudável, onde comer e exercício vão tão bem sintonizado com o casal acaba resultando em uma rotina que vem naturalmente todos os dias. E mudando pequenos gestos você pode perder peso sem nem perceber ou seguir uma dieta rigorosa, nós dizemos quais são.

imagem
DE MARICHU DEL AMO
09/12/2018
perder peso sem fazer dieta / VESNAANDJICGETTY IMAGES
Fazer ou não fazer dieta, essa é a questão. Enquanto não estamos em uma situação crítica obesos ou acima do peso, a opção mais segura e se ele se apodera-over vai durar a longo prazo, é para mudar hábitos e ter um estilo de vida saudável.

Isso não é algo novo para além do que você já sabe: melhorar a nutrição, deixar para trás os falsos mitos sobre os alimentos e fazê-lo de forma equilibrada com o apoio adequado à atividade física.

Leia também: Womax funciona

Mas, para além do rolo eles disseram-nos para sempre, você gasta mais do que você consome, não exagere junk food e comer saudável, existe outro mundo além podemos encontrar simplesmente deixar os quilos que sobraram vão abandonar o corpo gradualmente. Mas, assim, sem mais? Supõe-se que sim, estes são pequenos hábitos que não consistem ou cortar calorias ou sessão dupla no ginásio, mas em uma série de gestos da vida cotidiana que ajudam a queimar mais, para satisfazer ou para acelerar o seu metabolismo.

Mas, para contar tudo com propriedade, temos a Dra. Paula Rosso, nutricionista especialista do centro médico Lajo Plaza.

Homem pulando no ar enquanto tirava foto com smartphone
Westend61Getty Images
CHAVES PARA SLIMMING SEM CORTE DE CALORIAS
1. À CAMA COM DOIS VIDROS DE ÁGUA

De acordo com um estudo da American Chemical Society, beber dois copos de água previne a obesidade e aumenta a perda de peso. A menos que você tenha problemas de sono (custa dormir ou dormir) ou não quer acordar à noite no banheiro.

2. SIESTA SEMPRE VOCÊ PODE

De acordo com o médico, descansar adequadamente, é fundamental para não elevar os níveis de cortisol, o hormônio que aumenta o glicogênio e triglicérides. Sem descanso adequado, o corpo não consegue completar seus processos depurativos e regenerativos. Dormir em um contexto de dieta saudável e vida ativa, seria de grande ajuda ao perder peso.

3. VOCÊ PRECISA DE SOL, MAS DE PEQUENA DOSE

Não é inteiramente verdade que banhos de sol nos ajuda a queimar gordura, mas o que é certo é que a deficiência de vitamina D está ligada à acumulação de excesso de peso e gordura na área abdominal.

A vitamina D é solúvel em gordura, isto é, que se acumula em gordura e os estudos mostram que a acção desta vitamina com cálcio estimular a utilização de gordura de adipócitos como fonte de energia. Por conseguinte, é importante tomar entre 1000 UI e 4000 UI por dia. 20 minutos de exposição solar moderada por dia é suficiente.

Homem dormindo na cama com seu ursinho de pelúcia
Vincent BesnaultGetty Images
4. UM POUCO SPICY, POR FAVOR
Spicy, por um lado contém capaisine, que tem efeito termogênico e, por outro, gera um efeito saciante. Tudo isso irá ajudá-lo a queimar mais e se sentir completo antes de terminar a comida.

5. PEPINO E PIMENTARIA, SEUS NOVOS AMIGOS

Eles são seus maiores aliados quando se trata de queima de gordura, nós damos-lhe uma ideia: Substituir o suco de laranja (que aciona o índice glicêmico) por grapefruit. Rica em pectina, esta fruta ajuda a metabolizar as gorduras, especialmente se ingeridas em jejum.

Pepino, entretanto, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue devido ao seu baixo índice glicêmico. Graças ao ácido tartárico, inibe a transformação de hidratos de carbono em gorduras.

6. FRUTAS, MELHOR NUMA HORAS

Ingeri-lo com o estômago vazio beneficia a absorção de todas as suas vitaminas. Se você não pode desistir como sobremesa, as melhores opções são kiwi e abacaxi. Os kiwis contém uma enzima proteolítica chamado actidina que, como com bromelaína de ananás, ele ajuda a desagregar proteína e promove a digestão.

7. INFUSÃO DE SOBREMESA
O chá verde é perfeito. É um ótimo antioxidante por seu alto teor de catequinas e isoflavonas e também tem efeito depurativo. O mesmo se aplica ao dente-de-leão, ação desintoxicante ou cardo mariano, que impede a peroxidação dos lipídios. Isso, sim, substitua as saquetas pelas folhas naturais para aproveitar melhor as propriedades. Torne-se um chá frio e adicione algumas fatias de toranja ou hortelã-pimenta para dar sabor, colocá-lo na geladeira em uma grande garrafa com água fria, e está feito.

Sol secado chá de tília ..
EmreturanphotoGetty Images
8. JANTARES PROTECTICOS

Jantar apenas proteína é um bom hábito, mas temos que tentar fazê-lo acompanhado por vegetais de baixo índice glicêmico. Você tem que evitar carboidratos, que são transformados automaticamente

Fonte: https://www.valpopular.com/womax-funciona/